2º dia - Castelo de Osaka, Museus e Miniaturas

Olá!~
Desculpem a demora, estou na casa da praia e aqui a internet é meio instável. Esse é o segundo dia do meu diário de viagem no Japão! Nesse dia, eu e meu irmão continuamos a explorar Osaka, fomos no castelo, em um templo e alguns museus. Acompanhem! o/

11 de Dezembro de 2016, Domingo

Do apartamento até o Amazing Pass

No dia anterior, antes de voltar pra casa, passamos em uma konbini (loja de conveniência) pra comprar algo pra comer de manhã. O meu café da manhã foi melon pan, um pãozinho doce com uma casquinha crocante por cima que parece um melão. Eu já conhecia esse pão, porque o meu irmão já fez várias vezes, mas o dele é mais crocante, esse achei mais macio. 

Melon pan e chá gelado

Nos arrumamos e saímos numa jornada em busca do Amazing Pass de Osaka, um passe que permite que você use os trens e metrôs da cidade quantas vezes quiser no período do passe e também dá vários descontos em atrações turísticas. Sabíamos que poderíamos encontrá-lo na estação de Osaka, mas não tínhamos noção do tamanho daquela estação! As grandes estações de trem e metrô daqui são maiores que shoppings brasileiros! É um mundo debaixo da terra! Depois de perguntar pra várias pessoas e perder bastante tempo, finalmente achamos e compramos um passe de 2 dias.

Osaka Amazing Pass de 2 dias

Castelo de Osaka

Nossa primeira parada com o passe foi o Castelo de Osaka. Ele já foi restaurado várias vezes, então por dentro é todo modernizado, tornando essa parte interna bem diferente do que seria num castelo japonês intacto. Ainda assim, é uma ótima escolha pra quem quiser conhecer um castelo japonês e parada obrigatória se estiver em Osaka. Ele tem um fosso que o rodeia, grandes portões típicos de castelos japoneses e a torre principal, onde fica o museu do castelo. 

Ponte que leva à entrada do castelo e portão Otemon
Portão Sakuramon e torre principal ao fundo
Torre principal

Nós começamos tirando fotos na parte externa e depois entramos na torre, onde fica o museu. Começamos pela parte de cima, subindo 8 andares de escada, até chegar no observatório. A vista era muito bonita e dava pra ver de perto os ornamentos dourados do castelo. Nesse andar também, tinha uma lojinha, então nós aproveitamos e compramos broches de lembrança. Nos andares anteriores, era o museu de fato, que contava a história do castelo e do Toyotomi Hideyoshi, que o criou. Dessa parte não dava pra tirar fotos.

Vista do alto da torre principal

Enquanto nós estávamos nessa parte, eu comecei a me sentir bem mal. Estava muito quente lá dentro e ter subido os 8 andares muito rápido e estar com fome deve ter afetado também. Tirei meu casaco, tomei uma água e fizemos uma pausinha. Me senti um pouco melhor, dava pra continuar, mas não estava 100% ainda. 

Depois de olhar todos os andares, nós fomos nos foodtrucks na parte externa do castelo e comemos kaarage, uma galinha frita bem gordurosa. Eu comi bem devagar porque ainda estava enjoada, mas depois de uns minutos isso me reanimou. Era fome mesmo. Já estávamos bem atrasados no cronograma, então nos direcionamos para o Museu de História de Osaka e no caminho tiramos fotos do lindo jardim do castelo.

Kaarage
Jardim do castelo

Museu de História de Osaka

Museu de História de Osaka

Um dos museus mais legais da viagem inteira! Nos empolgamos muito com as miniaturas daqui. A exposição começava no 10º andar, que era sobre os períodos Nara e Heian. Lá tinha uma miniatura do Palácio de Naniwa (antigo nome de Osaka) e bonecos em tamanho real vestidos de membros da corte. Era legal também que na passagem de um andar para outro se tinha uma vista muito bonita do castelo de Osaka.

Miniatura do Palácio de Naniwa
Membros da corte
Membros da corte
Vista para o Castelo de Osaka

O 9º andar era o mais legal. Era sobre o período Edo e tinha várias miniaturas! Era muito legal de ver! Eu poderia ficar horas ali observado cada detalhe. Mas não tínhamos tempo. O 8º andar era sobre arqueologia e tinha uns workshops sobre isso. Como não tínhamos tempo, fomos logo para o 7º andar, que era sobre os períodos Taisho e Showa (que antecedem o período atual, Heisei) e trazia reproduções em tamanho real da vida nesses períodos em Osaka.

Vilarejo do período Edo
Europeus chegando no vilarejo
Pessoas indo ao templo
Barcos do período Edo
Templo na borda do lago
Barco utilizado em festivais
Cidade no período Edo
Homens trabalhando
Casa do período Edo por dentro
Cidade no período Edo
Cidade no período Edo
Vendedor de rua no período Taisho
Centro da cidade no período Taisho

Almoço e Templo Osaka Tenmangu

Com a empolgação, acabamos passando mais tempo nesse museu do que o esperado, então somando tudo já estávamos umas 2h atrasados no cronograma e com bastante fome. Ainda tínhamos um templo pra ver antes do almoço, mas tínhamos que comer. Perto do templo, tinha uma galeria, a Tenjinbashi-suji, que dizem ser a maior do Japão. Lá nós almoçamos num restaurante de udon. Foi a primeira vez que eu comi. É uma massa bem grossa numa sopa com carne de porco e vegetais, bem gostoso e quentinho. 

Galeria Tenjinbashi-suji
Udon

Depois fomos finalmente no Osaka Tenmangu, nosso primeiro templo! É um templo (ou santuário) xintoísta, devotado ao deus do aprendizado, Tenjin. Ele era bem bonito e grande, com muitos torii (portões encontrados em templos xintoístas formados por dois pilares unidos por uma trave horizontal) e uns detalhes bem elaborados em madeira no portão principal. Demos uma volta rápida nele pra não nos atrasar mais e seguimos o caminho.

Caminho para o templo Osaka Tenmangu
Ponte perto de uma das entradas do templo
Torii
Prédio principal do templo
Corvo no topo do telhado
Pessoa rezando no templo
Fenix esculpida em madeira no portão principal
Signos do zodíaco chinês esculpidos em madeira no teto do portão principal

Museu de Habitação e Modo de Vida e Galeria Tenjinbashi-suji 

Estávamos bem preocupados porque teríamos pouco mais de meia hora no Museu de Habitação e Modo de Vida de Osaka e no nosso cronograma era bem mais. No 9º andar desse museu tem uma reprodução em tamanho real da cidade no período Edo, mas pra nossa sorte, não era tudo isso. Era bonito e tal, mas era bem menor do que imaginávamos e não dava pra entrar na maioria dos lugares, era mais pra olhar e tirar foto mesmo. Se estivéssemos de kimono, daria pra tirar umas fotos legais, mas como já tinha acabado o período pra alugar kimonos, foi rápido.

Reprodução da cidade no período Edo
Loja de máscaras
Templo xintoísta

Passamos mais tempo é no 8º andar, que tinha o que? Miniaturas! Ele contava a história da modernização da cidade e do modo de vida nos períodos Meiji, Taisho e Showa. Ficamos quase até a hora do museu fechar (17h) e voltamos para explorar a galeria Tenjinbashi-suji.

Casas com influências europeias no período Meiji
Cidade no período Meiji
Barcos em festival
Cidade no período Taisho
Cidade no período Taisho
Parque de diversões
Parque de diversões à noite
Habitação de trailers no período Showa
Habitação de trailers no período Showa
Construção de condomínio no período Showa
Apartamento no período Showa

A galeria era grande mesmo! São mais de 2km de lojas, restaurantes e cafés. Foi uma das galerias mais legais. Nós percorremos ela inteira, fizemos umas comprinhas em lojas de 100 yen (onde tudo é aproximadamente 3 reais) e compramos nossas surippas finalmente (os chinelinhos que se usa dentro de casa, que eu comentei no post anterior).

Galeria Tenjinbashi-suji por dentro

Depois de percorrer ela toda, lembramos que tínhamos que comprar algo pra comer na janta, então acabamos voltando mais da metade dela até achar algo. Esqueci de tirar foto, mas compramos kaarage e um bento (marmita) simples com arroz, carne e vegetais. Quando chegamos no apartamento, meus pés estavam doendo de um jeito que nunca doeram antes, mas era só o começo...


Esse foi o nosso segundo dia no Japão! Que parte vocês acharam mais legal e ficaram com vontade de ir? Comentem! o/
O próximo dia terá Osaka e Takarazuka! Aguardem!~

2 comentários:

  1. Heyyy yoooo o/ Olha quem brotou aqui novamente? :D

    Já voltou da viajem!! Mas que bacana!!
    Muié! Adorei as fotos que você tirou!! Achei muito bacana. O que achei bem curioso foram as casas no período Edo. Parece mais um labirinto a casa! '-' haha
    Conseguiu tirar ótimas fotos e de vistas belíssimas *0* (você mostrando a comida deu até fome aqui :D~). Eu achei isso muito bacana da cultura japonesa, de poder mostrar como era o Japão antes dessas modernizações, etc.
    A.DO.REI o post!! Simplesmente incrível!! <3
    Chuu~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi Naru-chan!~
      Voltei sim o/
      Nem todas fui eu que tirei, algumas são do meu irmão, porque a câmera dele é melhor que a minha, principalmente pra dar zoom e pra áreas com pouca iluminação.
      Haha daquele ângulo parece um labirinto mesmo xD
      Que bom que gostou! <3
      Beijos~

      Excluir

Tecnologia do Blogger.