1º dia - Chegada em Osaka

Olá!~
Esse é primeiro post com os detalhes de cada dia da viagem ao Japão que eu e o meu irmão realizamos! É o meu diário de viagem! Hoje vou falar sobre o voo e sobre o nosso primeiro dia lá. Acompanhem! :3


De São Paulo a Frankfurt

Nós saímos da nossa cidade na manhã do dia 8 de Dezembro. Nesse dia eu me sentia anestesiada, eram tantas emoções, que eu não sabia o que sentir. Chegamos em São Paulo com bastante antecedência, almoçamos e passamos a tarde no aeroporto de Guarulhos. 

Nosso voo, da empresa Lufthansa, partiu às 19:45, em direção a Frankfurt. Foi meu primeiro voo noturno e meu primeiro voo tão longo, foram 11:30 de viagem. O voo foi tranquilo, com algumas turbulências, algo inevitável num voo tão longo, mas eu senti que os aviões maiores balançam menos e incomodam menos os ouvidos do que os menores. Tivemos 3 refeições, um lanchinho, um almoço e um café da manhã, tudo bem gostoso. Só foi meio ruim os lugares que nós pegamos, que eram bem no meio, então era difícil pra levantar e esticar as pernas ou ir no banheiro. 
 
Nosso avião
Almoço no avião


De Frankfurt a Osaka

Chegamos em Frankfurt às 10:15 do dia 9. Aquele aeroporto era tão grande, que tivemos que pegar um trem dentro dele pra chegar na parte onde sairia nosso próximo voo. A segurança lá foi bem mais rígida e eu achei eles um pouco grossos até. Estava perto do horário de almoço, então fomos no McDonalds e comemos batatas fritas e nuggets. 

Às 13:25 nosso voo decolou. Esse foi ainda mais tranquilo e pegamos lugares melhores também. Tivemos um lanche, uma janta e um café da manhã, agora com opção de pratos da culinária japonesa. Chegamos no aeroporto de Kansai, em Osaka, dia 10 às 8:40. Passamos pela imigração, foi tranquilo e saímos do aeroporto para o terminal de trem.

Almoço em Frankfurt
Janta no avião
Chegada no aeroporto
Trajetória percorrida nas duas viagens


Do aeroporto ao apartamento

Mapa das linhas de trem
Quem disse que seria fácil? Mesmo com as informações certinhas do trem que tínhamos que pegar, tivemos que pedir ajuda para saber onde comprar o ticket e como usar a maquininha. Passamos pela roleta toda automatizada que fazia um furinho no nosso ticket e descemos pra parte onde fica o trem

E agora, qual é o nosso trem? Tinha um trem parado lá, nós entramos, mas ficamos com medinho que não fosse aquele, então perguntamos pra umas duas pessoas pra confirmar e era mesmo. Entramos no trem, esperamos um pouco e logo ele partiu. Estávamos super empolgados, chegamos no Japão! Finalmente, depois de tantas horas! 

Ficamos quase 1h no trem (quase nada pra quem tinha acabado de passar por dois voos de 12h) e descemos Tennouji. Lá pegamos o metrô para a nossa estação, Shin-Osaka. Foi mais tranquilo comprar o ticket dessa vez, até porque já estávamos pensando com mais clareza. Chegamos na estação e caminhamos até nosso apartamento.

Vista do trem
Nosso apartamento (esse prédio do meio)

O apartamento

Porta de entrada e cozinha
Por termos saído do lado certo da estação, foi fácil de achar. Pegamos a chave deixada na caixinha de correio e subimos de elevador até o 7º andar. Eu gostei do apartamento. Pequeno, bem estilo aqueles que se vê em anime quando algum personagem mora sozinho, mas tinha fogão (que não usamos), geladeira, máquina de lavar, televisão (que ligamos uma ou duas vezes), ar condicionado, banheira e o mais importante, pocket wi-fi, então tava ótimo. Só não tinha surippa, que são os chinelinhos que os japoneses usam dentro de casa pra não sujar o chão, então nós teríamos que comprar. 

 Pra dormir eram dois futton, uns colchõezinhos super finos, que se sentia o chão embaixo. Eu achei que ia acordar toda dolorida dormindo num desses, mas foi incrível, eu sempre voltava pra casa com dor nas costas e acordava nova em folha, adorei dormir em futton! A vista também era muito legal, dava até pra ver a estação, de tão pertinho. 

Nós ficamos um tempinho ajeitando as coisas no apartamento, mas descansar do voo é pros fracos! Nós precisávamos sair pra explorar essa cidade!

Entrada (a terceira porta da esquerda pra direita)
Sacada e futton
Banheiro
Vista da sacada
Estação de Osaka vista do apartamento

Shinsaibashi e Dotonbori

Pegamos o metrô e fomos até a estação de Shinsaibashi pra ir na galeria de mesmo nome. Entramos em várias lojinhas e nos surpreendemos com o movimento na galeria, tinha muita gente, provavelmente por ser fim de semana. Eu me admirei que as pessoas eram muito estilosas lá! Achei que só veria isso em Tokyo.  

Atravessamos Shinsaibashi e chegamos no cruzamento mais movimentado de Osaka. Ele é famoso, então tinha muitas pessoas tirando foto. Dali já emendamos Dotonbori, uma rua famosa pelos restaurantes chamativos. Nós almoçamos (já era umas 15h, mas foi nosso almoço) no restaurante de rua Kinryu Ramen, que tinha um dragão no topo. Eu achei o ramen muito bom, mas bem puxado no gengibre, o que deixava ele meio forte, então tinha que tomar bastante água (que era de graça, como em praticamente todos os restaurantes no Japão <3). 

Galeria Shinsaibashi
Prédios do cruzamento entre Shinsaibashi e Dotonbori
Dotonbori
Restaurante Kinryu Ramen
Nossa primeira refeição no Japão: Ramen


Amerikamura

Iluminação de Natal
Quando saímos de Dotonbori já estava escurecendo (o sol se põe bem cedo lá no inverno). Fomos numa loja de câmbio, trocar um pouco do nosso dinheiro e já deu pra ver a iluminação de Natal nas ruas. 

Fomos no bairro Amerikamura, que é um bairro com influências americanas e nos perdemos um pouco por lá. Pra não gastar de mais a bateria do celular nós estávamos usando mapas de papel que nós mesmos imprimimos e eu sempre guiava, mas nessa primeira vez eu acabei me descuidando e nós tivemos que recorrer ao gps mesmo... 

Encontramos o Tako Tako King, um restaurante/bar de takoyaki, que é um bolinho frito com polvo dentro. O lugar era bem apertado e pro nosso azar, era permitido fumar, então a gente comia com aquela fumaça de cigarro em volta, o que foi bem desagradável. Mas o atendimento e os takoyakis eram bons até. 

Voltamos pra estação de Shin-Osaka e trocamos no JR Rail Pass, um passe, que deve ser comprado fora do Japão, pra usar trens da JR quantas vezes quiser durante um determinado período, o nosso era de 14 dias. Chegamos em casa super cansados e dormimos cedinho.


Amerikamura (não dá pra ver muito bem, mas tem uma estátua da liberdade no topo desse prédio do meio xD)
Decoração de Natal num shopping na Amerikamura
Restaurante/Bar Tako Tako King
Takoyaki

Esse foi nosso primeiro dia no Japão! A viagem foi cansativa e até meio estressante porque eu estava com muita ansiedade, mas depois de chegar lá, tudo valeu à pena. 
O que acharam desse dia? :3

Semana que vem tem mais! Até~

6 comentários:

  1. No primeiro dia foi uma aventura e tanto, um voo bem longo mas ainda bem que foi tudo tranquilo.
    Vocês estavam com muito pique nem descasar descasaram, eu adoro dormir em um colchonete no chão, ja ate andei vendo preço de futon ou como fazer, ele relaxa e tira a dor nas costas.
    Adorei a decoração de natal, a arvore muito bonita, as fotos das lojas/rua me lembra muito aqueles cenários de otome games que tem muitos outdoors.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Algumas turbulências chatas e falta do que fazer no avião, mas no geral foi tranquilo sim.
      Nós estávamos finalmente no Japão! Esquecemos o cansaço, precisávamos andar pela cidade! xD
      Eu me surpreendi mesmo com o futon, era mais fino que qualquer colchão que eu já tivesse deitado e parecia ser desconfortável, mas fez muito bem pras minhas costas cansadas.
      Lembra cenários de otome game mesmo, as lojas lá tem sempre muitos outdoors, é difícil saber pra onde olhar.
      Beijos~

      Excluir
  2. Hello.

    Your blog is nice.

    Would you like to follow each other via GFC? I followed you, I hope you will follow back.

    My blog - Aminique

    My Instagram - @fazlicamina

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Hi! Thank you!

      I'm following you now too. o/

      Excluir
  3. Olá!
    Fico muito feliz que tenha conseguido realizar esse sonho~
    Que voo demorado mds~ essa parece ser a pior parte
    Confesso que senti medo na hora que você disse ter começado a andar pela cidade... Não sei falar japonês e a probabilidade de me perder seria grande. LOL
    As comidas do avião parecem deliciosas hahah mas aquele takoyaki ♥ (a frente do restaurante tbm era tão engraçadinha kk)
    Quero muito ir ao Japão ou aos EUA no Natal. Parece tudo bem lindo~
    Aguardando os outros posts!
    Abraços~

    Nankin Dust~♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Saddy!
      Pior que nós pegamos um voo rápido até, tem voos pro japão que levam 30 ou 40 horas! Já pensou? Mas o pior pra mim mesmo é passar pelos aeroportos, sempre fico nervosa achando que vai dar algum problema ou que vão implicar com algo na minha bagagem...
      Mesmo falando em japonês eu consegui me perder um pouco! xD Mas com google maps e o básico de japonês dá pra se virar lá
      As comidas do avião me surpreenderam até, eram bem servidas e gostosas, mas a comida chegando em Osaka foi ainda melhor!
      Espero que você consiga ir!
      Beijos~

      Excluir

Tecnologia do Blogger.